Organne abre loja no Rio de Janeiro em Setembro

O Vietnã chegou e é aqui!

A Organne Vasos Decor chega ao Rio de Janeiro em um espaço de 300 m² no CasaShopping, localizado na Barra da Tijuca. É sua segunda loja própria no Brasil voltada diretamente ao varejo.

A importadora, que tem 10 anos no mercado, faz sua estreia em terras cariocas com participação exclusiva na badalada CASACOR Rio com alguns dos mais renomados arquitetos, paisagistas, designers de interiores e decoradores, dentre eles Paula Neder, Sandro Ward, Mauricio Nóbrega e Caco Borges.

Segundo o diretor executivo Paulo Henrique Costa, “A expansão da Organne para o Rio de Janeiro tem tudo a ver com os nossos produtos, são verdadeiras obras de arte concebidas em consonância com o meio ambiente e com o espírito alegre e refinado, como é o carioca”.

Acompanhe nosso Instagram para conferir todas as novidades.
@organnerio

CASASHOPPING RECEBE A MAIOR IMPORTADORA DE VASOS DE LUXO DO BRASIL

CASASHOPPING RECEBE A MAIOR IMPORTADORA DE VASOS DE LUXO DO BRASIL

Conhecida como a maior importadora de vasos de luxo do Brasil, a Organne abre suas portas no renomado CasaShopping, localizado na Barra da Tijuca, em setembro deste ano.

A Organne possui mais de uma década de experiência no mercado e oferece vasos vietnamitas e rústicos únicos.

Considerados peças-chaves, os vasos se adequam facilmente a variados ambientes, como salas, cozinhas, corredores, escritórios e jardins, e conferem um visual totalmente sofisticado e luxuoso.

Em breve todos poderão conhecer uma loja exclusiva, pensada para quem ama decoração de alto padrão.

Acompanhe nas redes sociais para ficar por dentro das novidades: @organnerio

vaso-vietnamita

ITENS QUE MAIS VENDEM EM UMA LOJA DE DECORAÇÃO!

Lojas de artigos de decoração necessitam de um abastecimento regular com peças que rotacionem seus mostruários. Ainda assim, há produtos que preenchem as lacunas entre as tendências e períodos de lançamentos. Peças que têm mais chances de chamar a atenção – não importa a época!

Separamos algumas ideias de itens que mais vendem em lojas de decoração para você incrementar seu negócio. Confira!

 

Produtos para decorar a cozinha

Um nicho decorativo que tem uma presença constante nas vendas, especialmente relacionadas à lista de casamentos é a de artigos para a cozinha.

O interesse pelo tema varia, a linha de eletrodomésticos da cozinha geralmente possui aspectos neutros, revestidas de branco, vermelho ou revestimentos que simulem o alumínio.

Muito de sua decoração fica por conta da estrutura, que geralmente vêm em kits e pelas cores, seja das madeiras ou das lâminas de fórmica, texturas. Os artigos e acessórios de utilidade ajudam a complementar a atmosfera:

 

  • Decoração industrial: Cozinhas com aspecto industrial ou mais moderno costumam tem faqueiros e prateleiras suspensas em metal polido ou cores cinzas, branca, com suspensores e talheres com cabos também trabalhados em metal e eletrodomésticos embutidos, mesas e balcões em vidro e designs minimalistas, monocromáticas ou em metal e cadeiras no mesmo padrão e peças retráteis para guardar condimentos e outros itens de cozinha.

 

  • Decoração rústica: Cozinhas mais rústicas e clássicas apostarão nos artigos de madeira e acessórios que, por mais que já possuam itens que fazem melhor sua função, criam o charme da cozinha rústica, repleta de utensílios; rolos de macarrão decorados, faqueiros de madeira, facas de carne com cabo revestido, escorredores e suspensores de cobre, jarros de açúcar, café e sal, separadores de condimentos expostos, etc.

 

Utensílios já aposentados, com um pouco de resina e criatividade podem se tornar peças nostálgicas de decoração.

 

Itens de jardim

Outro ambiente altamente customizável e menina dos olhos da casa de muitas pessoas é o jardim. Eles estão longe de serem apenas a área em que se plantam flores e frutas. É um retiro, um enclave da natureza dentro da área urbana.

Assim como nas já citadas cozinhas rústicas, há uma grande recuperação de utensílios e ferramentas que remetam ao trabalho à mão e à madeira, trazendo o orgânico como foco.

Para somar à essa atmosfera rústica, os vasos – que são indispensáveis nos jardins- não poderiam ser diferentes. Já que muitos não são feitos em escala industrial e, mesmo os que são possuem traços únicos na mescla dos componentes e/ou são pintados à mão.

A beleza dos vasos rústicos é inegável nos ambientes outdoor, como no caso clássico dos jardins. E eles não podem faltar na sua loja!

 

Decorações para o quarto

O quarto tem muito de nossa particularidade, sobre o que fazemos quando estamos sozinhos, num momento de entretenimento ou foco, estudo, trabalho.

É no quarto onde muitos dispõem suas coleções de livros, discos e games e também onde, na ausência de escritório, diversas pessoas montam seu pequeno escritório para trabalhar em casa.

Seguradores de livros, caixas e baús, abajur, pesos de papel, globos terrestres, itens em geral que lembrem a ideia da clausura e conforto do estudo são produtos que acabam figurando nesses tipos de quartos. Vale a pena investir neles!

 

Conclusão

Todos os ambientes estão suscetíveis à decoração e ela é sempre bem-vinda para revitalizar e reafirmar a atmosfera daquele lugar.

Apesar do caráter pessoal e privado da decoração que cada um pensa em dar à seus espaços, é sábio antecipar-se à estes fatores como utilidade, finalidade do meio, que tipo de atividades são empreendidas ali e como elas se refletem na tradição da vida privada dos consumidores em suas casas.

Fazer algumas dessas perguntas pode ajudá-lo a deduzir melhor as demandas do consumidor geral às suas realidades, otimizando a escolha de produtos e o poder de persuasão do consumidor diante de variadas circunstâncias.

 

No portal da Organne você encontra mais postagens relacionadas ao comércio de artigos de decoração.

COMO ABRIR UMA LOJA DE DECORAÇÃO?

O gesto de presentear com artigos de decoração é uma tradição cultural antiga. As vendas para esse setor representam quase 10% de toda a atividade de comércio e lojas, um excelente ponto a se considerar.

O número de lojas dobrou da última década para cá e saiu dos eixos das grandes cidades, lojas de luxo e franquias para atender às demandas mais variadas.

Artigos de decoração ainda são os carros-chefe em muitos eventos comemorativos, como presentes para o dia das mães, natal, aniversário, amigo secreto, casamento, e não possuem previsão alguma de deixar essa linha de frente.

Abrir um comércio é uma forma de empreendimento sólida, mas que demanda planejamento e projeções. Trouxemos algumas dicas fundamentais para começar com o passo certo sua loja:

 

Pesquise sobre o seu público-alvo

Identificar o que, na terminologia de marketing caracteriza-se como buyer persona é uma etapa indispensável para todas as demais projeções de seu negócio. Já faz algum tempo desde que simplesmente abria-se uma loja contando com a sorte.

O mercado tornou-se complexo e as demandas flutuam numa velocidade violenta.

Estabelecer alguns critérios é fundamental para ter um plano de ação, nenhuma loja de artigos é capaz de suprir todas as demandas de todos os públicos, por isso, é importante começar com uma projeção modesta, considere os seguintes pontos:

 

  • Pense na localização

Onde abrirá sua loja? Sua cidade possui um número populacional grande? Quantas lojas há em média para atender à essa demanda? Onde elas estão concentradas? Os shoppings têm grande acesso? É viável abrir sua loja no centro ou em um shopping para competir com as demais lojas? Essas lojas possuem que tipo de produtos? Para qual faixa econômica? Sua região possui taxas de frete viáveis para receber seus produtos? Há regiões novas na cidade carentes desse tipo de comércio, com boa acessibilidade popular?

Você pode prospectar muitos dados dessa natureza junto das uniões regionais.

 

  • Perfil dos produtos X Perfil da loja

Todos os consumidores gostam de comprar e presentear com artigos de decoração. Os preços desses artigos variam de valores baixos e pequenas produções à artigos de luxo sofisticados de importação.

Essa diferença enorme existe justamente porque existem públicos diversificados.

Esses grupos não se dividem apenas pelo poder de consumo. Outros fatores como ascendência cultural (a busca por produtos oriundos de uma determinada cultura/etnia), faixa etária, gênero, personalidade/perfil de consumo estético.

O consumo é uma forma social de afirmação e a diversidade de consumidores afirma a pluralidade.

Como chegar até esses dados? Analise resultados para buscas de decoração.

Observe os itens que são carro-chefe de venda em e-commerces e analise a mídia especializada no ramo, ela geralmente possui publicações diversificadas ou segmentos para cada nicho em suas produções.

Na internet também é possível encontrar análises de mercado embasadas, produzidas academicamente por profissionais do ramo e/ou entusiastas entendidos do assunto.

Frequentar a junta comercial de sua região continua sendo um ótimo recurso para a prospecção destes dados.

Se sentir-se à vontade para isso, consulte os próprios lojistas sobre tais dados, eles podem dar perspectivas mais embasadas e sinceras sobre os êxitos, revéses, o que fariam diferente, como lidar com os públicos, possíveis ideias e etc.

 

Invista em produtos de qualidade

Certamente, para iniciar seu empreendimento você irá optar por itens de fácil saída, que já estão bem estabelecidos no mercado e construam uma primeira impressão boa, de engajamento no ramo.

Itens chave que possam substituir demandas muito abstratas de ocasionais clientes. Itens versáteis e notórios no ramo da decoração dos quais você possa usar como coringa ao persuadir seu cliente, evitando perder a venda e tendo um cliente satisfeito de primeira impressão.

Priorize a qualidade de seus produtos, pois reclamações, especialmente na página de sua loja e em sites públicos de reclamação são um marketing extremamente negativo que pode ter mais impacto que as avaliações positivas.

Explique sempre a circunstância da escolha por produtos de procedência caso algum cliente queixe-se do preço não estar tão abaixo quanto alguma concorrente. Com produtos de qualidade você será capaz de argumentar de forma aberta e sincera sobre a longevidade, procedência e qualidade de seu item.

 

Faça um planejamento financeiro

Todas as recomendações anteriores, por mais preciosas que sejam, só poderão ser executadas com êxito se houver um grande determinante: Capital.

Apesar de não ser a única variável no que pode salvar ou arruinar uma loja, possuir poder de compra fará uma grande diferença para cobrir gastos e custear produtos e campanhas.

Você não precisa de um grande montante de dinheiro, o que é muito difícil para um novo empreendedor. Mas precisa aplica-lo sabiamente, de forma dinâmica para manter um fluxo que te livre de situações deficitárias.

Abrir um comércio está longe de ser apenas vender; você precisa considerar os gastos primários com sua documentação, a compra de seus produtos, impostos e a manutenção do espaço físico. Se decidir ter campanhas e e-commerces, terá que dispender mais capital.

Avalie com calma e, de preferência, com a supervisão de um profissional as taxas de crédito para contrair dívidas saudáveis. Ter dívidas faz parte do fluxo e não é algo nocivo, é necessário. O importante é que haja sempre uma contrapartida compensatória no processo, então você estará equilibrando suas finanças.

Separe uma margem para continuar reinvestindo na variedade e qualidade de seus serviços, isso manterá o fluxo e seu comércio atualizado, indiferente da sua modalidade, produtos acessíveis, gerais, de luxo, pensar grande e diferente partindo das premissas mais básicas para as mais ousadas lhe manterá na vanguarda de sua região, e isso é sobre muito mais do que capital.

Cuide com carinho de cada aspecto de seu negócio e não se arrependerá por um único dia do engajamento positivo que teve. Nenhuma experiência genuína é perdida.

 

Para conferir itens de qualidade e versatilidade para começar seu negócio com êxito, não deixe de visitar a página da  Organne, lá você poderá acompanhar mais postagens com dicas preciosas, tendências de mercado, tutoriais e artigos diversos para implementar sua experiência.

Boas vendas!

 

DICAS PARA VENDER MAIS EM SUA LOJA!

Com um mercado complexo e diversificado feito o dos dias de hoje, é impossível se guiar apenas através de uma ou outra perspectiva para entender o público consumidor. As variáveis são infinitas e analistas se descabelam para explica-las.
Separamos no texto de hoje algumas dicas para você conseguir vender mais em sua loja. Confira!

Invista em atendimento

Capital humano será sempre o investimento com maior retorno.
Uma equipe instruída e motivada será a linha de frente de seu comércio. Mantenha-os integrados aos assuntos que envolvem seu nicho de comércio. Assine publicações e não deixe de incentivar suas participações em eventos sobre seus produtos e sobre vendas em geral.
Bonifique. Incentivos sobre vendas e metas estimulam o vendedor assim como cria um senso de pertencimento junto à empresa, dos recursos, do nome e legado da empresa. Produtos não são capazes de falar sobre os princípios e compromisso social da empresa; pessoas sim, elas propagam de forma orgânica e sincera o êxito de seu empreendimento como nenhum outro makerting é capaz de fazer igual.

 

Escolha revender produtos do momento

O maior medo de qualquer empreendedor é ficar com produtos encalhados em sua loja. Uma forma de evitar isso é selecionar seus produtos de acordo com as demandas atuais.
Mantenha-se atualizado com a mídia especializada do ramo. Esse tipo de publicações sempre informa eventos, analisa produtos e tendências de mercado.
Observe de perto os itens de vendas que encabeçam as buscas relacionadas ao seu nicho, cruze informações com postagens de grandes lojas nacionais e internacionais, para ter uma noção mais segura de mercado sobre o que é tendência e o que é, de fato, rentável.
Não deixe de apostar em itens que são líderes de mercado, como vasos e bacias vietnamitas, rústicas e vitrificados e se manterão na tradição, prontos para serem assimilados por novas tendências. São peças chave que acabam sendo boa saída para consumidores indecisos, que preferem levar uma peça versátil para a montagem de sua decoração, que poderá ser transposta para outros ambientes sem perdas.

 


Deixe sua loja com uma nova cara

Pequenas transformações no ambiente podem causar uma nova impressão. Você pode começar por um show room com os próprios artigos da loja: organize-os criando um conceito para apresentar aos clientes, procure colocar um desconto sobre as peças em exposição e vende-las como conjunto. Mude esporadicamente essa exposição e a coloque, preferencialmente, numa área privilegiada de sua loja.
Uma outra ideia é fornecer snacks e um cafezinho. Termos de compra podem ser dialogados em ambientes descontraídos.
Montar um ambiente de decoração infantil e dispor lá um pequeno espaço recreativo com lápis de cor, mesinhas, brinquedos de montar e etc. também é uma ideia valiosa: enquanto as crianças brincam, os pais podem dialogar sem precisar fazer pausas para repreender um filho que mexa em algum artigo frágil (e isso também pode te poupar algumas perdas). A criança pode se afeiçoar muito à algum artigo e querer leva-lo para casa, e os pais são muito suscetíveis às vontades dos filhos.
Evite simplesmente alocar produtos por categorias muito gerais.
Dentro dessas categorias, cria outras subcategorias e as deixe próximas de itens que geralmente os acompanham, por exemplo: vasos, separe-os por tamanho, material. Depois por coleção, revestimento. Próximo deles procure deixar arranjos, bacias, artigos de jardim.

A Organne possui uma linha diversa e sofisticada de artigos de decoração para sua loja, não deixe de conferir nosso portal para produtos e mais postagens!

VASOS RÚSTICOS SÃO OS NOVOS QUERIDINHOS NA DECORAÇÃO!

O nicho de decoração é movido por tendências. Isso não implica necessariamente em dizer que é o único meio de formação do gosto popular, mas que, é baseado nas peças em tendência e nas mídias especializadas que os consumidores formam suas opiniões.
Essas tendências oscilam. Há pouco tempo, o mercado apontou para uma tendência de modernização dos ambientes como reação às decorações clássicas. Então, uma tendência minimalista surge em resposta, se colocando em detrimento da onda tecnológica e arrojada. Hoje, com um grande espaço de tempo do ”boom” tecnológico, é natural que se queira recuperar e assimilar novamente artigos mais atemporais, que não são oriundos de grandes tecnologias ou marcas, mas que são úteis e agradáveis para todos os ambientes e, além de tudo, sustentáveis.

 

Vasos rústicos em ambientes internos

Vasos rústicos geralmente possuem tonalidades cruas, proveniente de seus materiais.
As casas e ambientes comerciais, escritórios e halls também possuem uma neutralidade, no máximo tons pastéis fracos.
Essa neutralidade dialoga entre ambas a decoração rústica e o ambiente de tons neutros, a mobília. Mobília que também tem mudado: se antes muitos eram fãs dos artigos de madeira compensada com lâminas para dar cor e brilho, hoje, graças à revolução dos móveis planejados, os revestimentos de fórmica geralmente remetem à simulação da madeira rústica. Isso sem falar na própria volta da madeira natural na confecção de mobília, que dá um ar orgânico ao ambiente.

 

O Jardim com um toque de elegância

Se ambientes internos são contemplados com o aspecto orgânico dos vasos, o jardim é o ambiente onde eles estarão naturalmente situados.
Vasos rústicos podem ser produzidos com diversos materiais reaproveitáveis e naturais e isso remonta à um conceito bucólico, campestre. Exatamente a atmosfera que maioria dos jardineiros procura criar em casa para ter um refúgio da vida urbana e atribulada.

 

Venda Certa!

Um insight interessante do mercado sobre essa linha de produtos é a escolha de sua classificação: vasos rústicos podem ser muitos tipos diferentes de vasos e o termo ‘rústico’ é muito amplo e remete às sensações boas, referentes à zona rural, marasmo, algo trabalhado à mão.
A categoria dos vasos rústicos além de agraciada com um título que remete a muitos sentimentos bons é, de fato, oriunda de materiais simples e abundantes o que, por si só, já remete à simplicidade, do trabalho humano que tornou aquele material em um produto de utilidade pessoal.
Na maioria das vezes, essa categoria de vasos dispensa apresentações, especialmente por já estar no topo do imaginário e gosto popular e, ao mesmo tempo que remete à simplicidade, remete também ao quão sofisticado é obter um produto que, em muitos casos, não vem de uma linha de produção industrial em massa. Remete à sustentabilidade e hoje esse é um tópico que conta muito entre pessoas politizadas e engajadas com a natureza que têm uma grande probabilidade de possuírem jardins e ambientes naturais em suas casas e buscarem preenche-los com artigos que afirmem suas personalidades.

No portal da Organne você encontra uma ampla linha de vasos rústicos para completar sua linha junto das demandas de seus admiradores.

PRODUTOS INCRÍVEIS PARA REVENDER EM SUA LOJA DE DECORAÇÃO!

Objetos de decoração estão no topo dos itens mais clicados da internet. A diversidade sempre surpreende aos consumidores, estar aberto a novas tendências ou tentar emplacar algum estilo é um grande diferencial no ramo, que depende do uso criativo dos recursos. Ainda assim, sempre haverão os artigos chave, tradicionais e versáteis para maioria dos sets de decoração. Separamos alguns que não podem faltar na sua loja!

 

Vasos Vietnamitas

É difícil falar de decoração tradicional sem invocar os insubstituíveis vasos vietnamitas. Que são duplamente tradicionais: sua origem remonta à um processo milenar onde a obtenção dos pigmentos, textura e densidade de sua cerâmica é submetida às temperaturas extremas onde as reações químicas diversas dão o tom mesclado, brilhoso e polido quando misturado ao pó de vidro e opaco acompanhado da areia.
O encontro do budismo com o taoísmo no Vietnam fortaleceu o conceito de harmonia, minimalismo e funcionalidade de suas cerâmicas através da prática do fengshui.
E nos dias de hoje continua tradição unanime da decoração: ambientes públicos, centros comerciais, jardins, arredores de piscina… os vasos vietnamitas estão e podem ser transpostos para qualquer ambiente, e certamente combinarão com todos eles.
São peças feitas para durar toda uma vida. Sem perderem funcionalidade ou caírem na obsolescência. Muito pelo contrário: com um pouco de manutenção, essas cerâmicas envelhecerão muito bem.
Graças às técnicas mais ortodoxas, suas cores e modelos são fáceis de reproduzir e substituir caso algum vaso se quebre.
É um dos artigos no topo das whishlists de decoração, de casamentos à reforma de ambientes, para plantas de raízes profundas e à arranjos de mesa.

 

Itens para o Jardim

O espaço mais recreativo da casa merece refletir suas propriedades através da decoração. As pessoas querem evidenciar suas personalidades através dos detalhes de seus ambientes.
Além dos já citados vasos vietnamitas, ideias para todos os tipos e tamanhos de plantas, os jardins são ambientes que aceitam os mais variados complementos;
Muitas pessoas que vão decorá-los buscam tematizar o ambiente com os tipos de plantas do jardim.
Cadeiras e mesas revestidas de vime, artigos rústicos ou de madeira de demolição e pallets costumam ser opções populares e viáveis.
Artigos reciclados, com uma boa demão de tinta podem se tornar peças de desejo. Gaiolas e tubos de encanamento, com uma boa pintura e flores, podem se tornar singelas peças suspensas.
Outro item que anima qualquer jardim são as figuras, de gesso ou cerâmica e até pedra.
De animais à personagens da cultura pop que estabeleçam alguma relação com o tema, todos consumidores tem predileções e, quando veem figuras que envolvem suas paixões estéticas, sentem-se muito tentados a levar para seus jardins.
Pequenas fontes e pedras ornamentais também podem fazer as vezes de, ao invés do conceito de passagem do tempo através de design de civilizações, fazê-lo através de peças que invoquem a permanência e ciclicidade da natureza.

 

Acessórios

Outros artigos menores também compõem os ambientes. Dão a sensação de preenchimento e muitas vezes ainda têm ou remetem ao trabalho do ambiente, como uma máquina de escrever na sala ou uma carriola com flores, um rastelo propositalmente encostado repousando em um canto do jardim.
Sinos dos ventos em ambientes externos são agradáveis e relaxantes. Em ambientes internos, um aquário iluminado, com peças e peixes ornamentais também são itens que transmitem uma sensação de calma.
Quadros com reproduções de obras ou retratos, com uma boa moldura, assim como espelhos e relógios de parede preenchem as paredes contra o tédio do branco padrão são boas opções.
Globos terrestres e jogos de tabuleiro dispostos, livros bonitos e bem trabalhados, como Bíblias ficam ótimos sustentados abertos, junto às coleções de livros, mantidos emparelhados por suportes, sejam de design minimalista ou reproduzindo figuras clássicas.
Peças de conotação religiosa sempre têm traços e formas diferentes. Suas representações são oriundas das culturas de todos os cantos do mundo. Figuras femininas, elefantes indianos, Hamsa, a famosa Mão de Fátima , figuras de buda, magro e penitente ou gordo e próspero. Figuras de bons auspícios de culturas populares, tudo isso trás boas energias e sentimentos e inspiram proteção.

A diversidade inspira a variedade e inovação mas a tradição das peças é um horizonte seguro e chave que dialoga com grande maioria das tendências e as incorpora.

No portal da Organne você encontra artigos sofisticados, de variedade e procedência para nichos diversos de decoração.